Pedaços

terça-feira, maio 12, 2009

Mil Vezes...


Quando uma alma se aproxima da nossa vida com o intuito de ficar, não o faz somente em busca de conhecimento, apoio ou qualquer tipo de suporte. É por aqueles pedaços que vão levando, e por aqueles vão deixando, que ficam na nossa vida por determinado intervalo de tempo...
Até cumprirem a sua missão... Mas...
Mil vezes não houvessem missões a cumprir, não houvessem pedaços para deixar...
Menos ainda para levarem...
Mil vezes a nossa vida não passasse a ser a vida deles...
Mil vezes não tivessemos que abrir mão daquilo a que nos habituamos a ter...
Mil vezes nao tivessemos que abrir mão de nós...
Mil vezes não tivessemos que abrir mão de alguém para descobrirmos que ainda gostamos de nós mesmos...
Mil vezes não tivessemos que sorrir com meras lembranças...
Mil vezes não existesse o passado.
Mil vezes não houvesse noção de tempo.
Mil vezes o tempo não estivesse restrito à duração de uma vida...
Mil vezes a vida não estivesse restrita à morte...
Mil vezes a morte não fosse a ùltima saída...
Mil vezes a vida não fosse o oposto da morte...
Mil vezes a vida nao fosse o começo do fim...
Mil vezes o amor desse mais vida do que se morresse de amor...
Mil vezes o amor nascesse com a vida e jamais morresse com a morte...
Mil vezes voltar a nascer...
Mil vezes aprender a Andar.
Falar.
Mil vezes Escutar.
Mil vezes abraçar.
Sorrir.
Meditar.
Saborear.
Mil vezes deitar a sorrir.
Acordar a cantar.
Mil vezes comer o nosso prato preferido.
Mil vezes usar o nosso perfume especial.
Mil vezes sentirmo-nos uteis.
Mil vezes ouvirmos o coração bater.
Mil vezes gravar momentos.
Mil vezes falar sem medo.
Rir sem receio.
Pensar sem barreiras.
Mil vezes festejar.
Mil vezes mandar flores.
Enviar cartas.
Oferecer presentes.
Mil vezes ficar acordado a olhar a noite.
As estrelas.
A ti.
Mil vezes sonhar acordado.
Mil vezes sonhar alto.
Mil vezes desejar.
Mil vezes viajar.
Mil vezes ouvir a tua música favorita.
Mil vezes sentir a adrelina.
Mil vezes temer a vida.
Mil vezes correr o risco.
Mil vezes aventurar-se.
Mil vezes andar sem olhar para trás.
Mil vezes ir em frente.
Mil vezes remar a bom porto.
Mil vezes atravessar a ponte sem medo de cair.
Mil vezes levantar.
Mil vezes dar a mão.
Mil vezes torcer por nós.
Mil vezes olhar pra ti e não cansar. Gostar.
Mil vezes admirar o teu sorriso.
Sorrir contigo.
Mil vezes perder-me contigo.
Comigo.
Sem mim.

Mil vezes...

Mil vezes não dizer adeus.
Mil vezes, até sempre.

[2007]

7 comentários:

Unknown Artist disse...

Posso dize-lo mil e uma vezes que não canso!
Gosto muito de Ti =)
Não direi até sempre..
Direi sempre que precisares, estarei aí!

Beijinho =)

sonho disse...

Mil vezes bem verdade o que escreveste:)
Beijo de um anjo

Rabisco disse...

Mil vezes vir aqui ler isto...

Beijinhos

DEMO G.M.R.D.S disse...

Oh querida...mil vezes, hoje e sempre..

mil beijos, so para ti! ****

Patrícia disse...

Deixei-te um desafio no meu blog ;) (a resposta)

P. Moai disse...

Poderei dizer mil vezes que este é um bom Blog ... pois sei que nunca me arrependerei de o dizer!

segredo disse...

mil vezes ler este texto k está tao lindo!!!
Beijinho de lua