Pedaços

segunda-feira, janeiro 30, 2012

A virar a página, para trás...

Custa-me, confesso que custa, andar para trás com os olhos postos na frente. Mas a vida é isto. Por vezes trata-se de voltar atrás, fazer de novo, fazer contra a nossa vontade... E é aqui, que eu espero - Juro que espero com toda a esperança da minha alma - que tudo tenha o seu motivo de ser, e que o facto de ser assim, me vá trazer um futuro próximo um pouco mais doce.
Custa-me virar uma página para trás, voltar ao capítulo que eu já tinha dado como encerrado e ter de escrever mais umas linhas. E não, não foi assim tão mau. 
Pelo contrário. Continha personagens que gostei muito. Cenários igualmente adorados. Tinha dias de Sol e uns tantos de Outono, com chuvas ligeiras.
Mas o que custa, é saber que por mais linhas que escreva, o final irá ser o mesmo. Porque não é como uma novela, não temos dois finais alternativos. O guião está traçado, não tenho escolha. Sei de antemão o final. 
A minha esperança prende-se então que as linhas que irei acrescentar durante os próximos meses da minha vida, me irão permitir escrever um próximo capítulo melhor no futuro.

A vida também é isto, é aceitar quando não podemos querer... Porque um dia, a vida muda, e quando muda, é para melhor. Sempre, para melhor.  

Sem comentários: