Pedaços

domingo, junho 16, 2013

Bom dia

Por vezes custa-nos abrir os olhos, mas depois de o fazer, é como acordar pela manhã...
Todos estamos preparados para viver na Luz, mas nunca ninguém disse que não custa correr os estores e que o primeiros raios de Sol não ferem a visão. Alguém disse?

Despertei, com algumas dores nos olhos, porque o que vejo queima-me a alma, mas nem por isso desviei o olhar, uma vez que fosse. Não uso óculos de Sol, nem nada que filtre a realidade, se tiver de ver, que seja até ficar cega...

Sou um ser de Luz, nasci para viver nela, e hoje faço questão de abrir as janelas da minha casa, dos meus olhos, da minha alma e da minha vida para ver o Sol brilhar. De novo. Com a esperança de quem acredita que vale a pena estar acordada entre o nascer e o pôr-do-sol, assistindo a tudo o que acontece.
Bom Dia.

Sem comentários: