Pedaços

quinta-feira, outubro 24, 2013

Tocar.


"Há pessoas que nos tocam assim", foi o título que lhe quis dar porque de facto me tocou. 
Há pessoas que nos tocam como se um instrumento fossemos. Digo um instrumento, não um objecto, porém, ha também quem nos toque como tal. 
Ha pessoas que nos tocam como quem toca violoncelo, fazem música no nosso corpo, tocando nas cordas da nossa alma.


Outras que nos tocam como quem toca piano; nunca nos é indiferente.
Quem nos toque e nem sentimos... E aqueles que fariam de tudo para nos poderem tocar...
Aqueles em quem sonhamos poder tocar... E os que são insensíveis ao toque...
Há quem fique tocado do vinho e quem nunca lhe toque.
Há quem se toque, ou nunca se toque de todo.
Há toques de leve, há toques de se fazer sentir... E há quem fique touché. 
Há quem fale como se tocasse... Quem toque como se falasse... Há quem se faça sentir sem nunca tocar.
Toquei-te?

1 comentário:

Manuel Pintor disse...

Belo toque!
E sensível!